quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Um casamento real

Estava tudo preparado. As flores, a recepção, os convidados. 
Apesar dos conselhos de sua mentora espiritual - "fique" apenas, minha filha - Periguete insistia em se casar.
E foi assim que, de repente e de improviso, seus sonhos se tornaram realidade. Encontrou o par perfeito na última reunião do Clubinho de Patch na Vila das Artes.
E foram felizes para sempre...

As flores encomendadas encheram o ambiente de perfume e beleza.

Já a caminho do altar, Periguete, belíssima,  aguarda o noivo em companhia das damas de honra. 

Finalmente chega "seu " Linha Coca Zero, elegantérrimo e  improvisadamente vestido por grandes estilistas do momento (gravata by Eneida, cabeça de linha preta by Renata e chapéu de papel by Sílvia).
A emoção tomou conta das convidadas que não paravam de chorar de tanto rir. 

É, minha gente! Entre costuras, projetos e muitos trabalhos, nós também " brincamos de casinha"! 

8 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkk!!!!
    que delicia Eneida!
    Ri muito com essa cerimônia tão "surreal".
    Nunca vi noivo mais elegante, e a noivinha então, um desbunde!
    Que bom ter esse espírito infantil por alguns momentos. Alegria, bom humor.
    Beijos, tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKK,KKKKKKKK,KKKKKKKK!!!!!!!!! ADOOOREI, KKKK, Vc é SENSACIONAL ENEIDA!!!!Bjs TÉLCIA KKK....

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de post! Adorei o casamento "alto astral"!!

    ResponderExcluir
  4. Que fofurinhas, amiga!!!
    Ficaram lindas!!!
    Bjs carinhosos,
    Mari

    ResponderExcluir
  5. Bem vinda ao meu jardim.
    Volto.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Segui passos e encontrei este blog.
    “Conhecer alguém aqui e ali…”
    Gostei.
    Volto.

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Que linda história e parabéns pelos personagens.
    Bjs

    ResponderExcluir